CPAT atende 453 pessoas com deficiência na sexta edição do Dia D

A 6ª edição do Dia D, para inclusão no mercado de trabalho das pessoas com deficiência, registrou atendimento a 453 trabalhadores que passaram pelo CPAT (Centro Público de Apoio ao Trabalhador), no dia 20 de setembro. Promovido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, em parceria com o Ministério do Trabalho, o evento contou este ano com a participação de 32 empresas que ofertaram 139 vagas.

Ao todo, foram 36 diferentes ocupações cadastradas no CPAT. Os candidatos retiraram 762 cartas de encaminhamento a vagas de emprego e muitos tiveram a oportunidade de retirar mais de uma carta. De acordo com o pacto firmado entre CPAT e empregadores, as empresas têm até o dia 4 de outubro para comunicar o resultado final dos processos seletivos.

O secretário municipal de Trabalho e Renda, Luis Yabiku, avaliou positivamente o balanço desta sexta edição do Dia D. “A ação, mais uma vez, atingiu o seu principal objetivo, que é o de aproximar as empresas das pessoas com deficiência, quebrando o mito de que não existem trabalhadores com este perfil interessados em uma vaga”, disse.

Durante a realização do Dia D, toda a estrutura do CPAT é colocada à disposição para o atendimento e encaminhamento das pessoas com deficiência às empresas contratantes, que iniciam o processo seletivo no próprio local. Os candidatos escolhidos neste primeiro contato são posteriormente encaminhados às empresas para outras fases de seleção.

Nesse dia, o atendimento é voltado exclusivamente para as PcDs e se concentra na unidade Centro do CPAT, localizada na avenida Campos Salles, 427.