Dia D promove inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

arnaldo salvetti trabalho renda dia trabalhador economia solidaria emprego

As pessoas com deficiências que buscam uma vaga no mercado de trabalho devem aproveitar o “Dia D de Inclusão Social e Profissional da Pessoa com Deficiência” que será realizado sexta-feira, 25 de setembro, das 9h às 16h no Centro Público de Apoio ao Trabalhador de Campinas (CPAT), na Avenida Campos Sales, 427. Mais de 30 empresas estarão ofertando mais de 200 vagas especialmente para esse público. A ação é do Ministério do Trabalho e Emprego em parceria com as Secretarias Municipais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Trabalho e Renda, Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Campinas e Instituto Nacional de Seguro Social.
 
O dia será dedicado ao atendimento das pessoas com deficiências e reabilitados pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que buscam uma colocação formal no mercado de trabalho. Por ser um dia especial, as unidades descentralizadas do CPAT localizadas no Ouro Verde e no Campo Grande não funcionarão no dia 25. Também nesse dia não haverá o atendimento tradicional para a população. O atendimento será exclusivo para os portadores de deficiências.
 
Estarão presentes mais de 30 empresas e mais de 200 vagas disponíveis em várias áreas. No evento, as empresas vão atender e entrevistar, na hora, os interessados. Se o candidato atender ao perfil de alguma das empresas, poderá sair com uma carta de encaminhamento para formalizar a contratação. A escolaridade exigida varia conforme especificação de cada vaga, mas haverá oportunidades para os níveis Fundamental, Médio, Técnico e Superior.
 
O objetivo do Dia D é fortalecer as políticas de empregabilidade para as pessoas com deficiência, aproximar trabalhadores e empresas e ampliar o número no mercado formal de trabalho. A inclusão das pessoas com deficiência já é realizada em várias unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine).
 
“Esse trabalho de inclusão nós já realizamos de forma permanente no CPAT, mas a ação pretende, não só a inclusão no mercado de trabalho, como também a quebra de paradigmas em relação ao deficiente que mostra ter capacidade para exercer diferentes funções com excelente qualidade”, afirma Arnaldo Salvetti Palácio Jr., secretário Municipal de Trabalho e Renda de Campinas.
 
Além do atendimento, a Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Campinas oferecerá várias palestras a partir das 9h. Os temas são: Benefício de Prestação Continuada, Lei de Cotas, Abordagem junto às empresas quanto à pessoa com deficiência no mercado de trabalho e Programa de Reabilitação Profissional do INSS.
 
Já o CPAT fará o atendimento para cadastramento e encaminhamento de trabalhadores aos processos seletivos que serão realizados no dia com a presença das empresas ofertantes de vagas, fará o atendimento às empresas e emissão de carteira de trabalho. O INSS, por sua vez, terá equipes voltadas para o serviço social, orientação profissional, programa de educação previdenciária e perícia médica.
 
Estatísticas e Lei de cotas
 
De acordo com o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população do Brasil é composta por 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que corresponde a quase 24% do total da população brasileira. De acordo com os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) 2012, 330 mil estão no mercado formal de trabalho, o que corresponde a 0,70% do total de vínculos empregatícios.
 
A Lei Federal nº 8.213/91 (Lei de Cotas) obriga as empresas com mais de 100 funcionários a incluírem pessoas com deficiência (PcD) ou beneficiário reabilitado no seu quadro de efetivos e o MTE atua para que essa contratação se dê da melhor maneira possível, incentivando e cobrando das empresas sua responsabilidade legal e social, de modo a proporcionar às pessoas com deficiência e aos beneficiários reabilitados o acesso a uma vaga no mercado de trabalho em igualdade de oportunidades.
 
 
Serviço
 
Dia D da Pessoa com Deficiência
Data: 25/09/15 (sexta-feira)
Horário: 9h às 16h. Palestra tem início às 9h.
Local: Centro Público de Apoio ao Trabalhador – CPAT
Endereço: Av. Dr. Campos Sales, 427 - Centro.