CPAT e Sest Senat oferecem curso gratuito para motoristas profissionais

Uma parceria firmada entre o CPAT (Centro Público de Apoio ao Trabalhador), ligado à Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, e o Sest Senat vai permitir que motoristas de cargas e de passageiros sejam encaminhados para um curso gratuito de capacitação e atualização de conhecimentos. O curso conta com modernos simuladores de direção, de alta tecnologia, que permitem aos alunos vivenciar as mais variadas situações de risco na condução de caminhões e ônibus em estradas e vias urbanas.

O aprendizado tem carga horária total de 62 horas e inclui também, gratuitamente, a reciclagem do curso de Movimentação e Operação de Produtos Perigosos (MOPP), com validade de cinco anos, devendo o motorista fazer nova reciclagem ao final desse período. Para participar do curso, o interessado deve ser motorista de caminhão habilitado na categoria “E” com CNH válida, ser maior de 21 anos e já ter realizado o curso de MOPP. As vagas são limitadas.

O curso é dividido em cinco módulos: visão sistêmica do setor de transporte (8 horas), tecnologias embarcadas (8 horas), atendimento eficaz ao cliente (16 horas), atualização de curso especializado para condutores de transporte de produtos perigosos (16 horas) e condução segura e econômica (14 horas, sendo 8 horas de conteúdo teórico e 6 horas de aula prática).

As inscrições devem ser feitas pessoalmente no Sest Senat, na avenida Comendador Aladino Selmi, 1395/2001, no bairro dos Amarais. Fones: (19) 3746-3702 / 3746-3708. O horário de atendimento é das 8h às 16h30. No ato da inscrição, é preciso apresentar a original e cópia da CNH Categoria “E”, duas fotos 3x4, comprovante de endereço, cópia do certificado de MOPP e original e cópia da Carteira de Trabalho, comprovando que está desempregado.

Simulador

O secretário municipal de Trabalho e Renda, Luis Yabíku, e o diretor de Trabalho e Renda, Dirceu Pereira, estiveram no último dia 14 de fevereiro no evento de apresentação do novo Simulador de Direção híbrido que será adotado em cursos voltados a motoristas de cargas e de passageiros. Após uma apresentação no auditório do Sest Senat, os convidados puderam conhecer de perto o novo simulador e fazer um test drive no equipamento, que cria situações de risco como neblina, chuva forte, avarias nos veículos, manobras arriscadas em subidas e descidas íngremes, estradas com e sem asfalto, entre outras.

Para Yabíku, a iniciativa do Sest Senat de adotar modernos simuladores em seus cursos contribui significativamente para que o motorista possa dirigir de forma mais adequada e tenha um nível de formação profissional ainda mais qualificado, ampliando as chances de conquistar oportunidades no mercado de trabalho. “O Sest Senat está de parabéns. Trata-se de um programa de qualificação profissional de primeiro mundo”, afirma Yabíku.

Ao todo, o Sest Senat conta com 60 simuladores distribuídos em unidades operacionais por todo o Brasil. O objetivo é treinar mais de 50 mil motoristas no período de três anos. De acordo com o presidente dos Conselhos Nacionais do Sest Senat, Clésio Andrade, a utilização de simuladores na capacitação de profissionais habilitados possibilita criar situações que talvez o motorista não tenha passado, mesmo tendo bastante tempo de condução. Além disso, proporciona a vivência de inúmeras situações de risco que não seriam possíveis em um treinamento real.