Cooperativas de recicláveis de Campinas iniciam regularização

arnaldo salvetti trabalho renda economia solidaria

Com a ajuda da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, as cooperativas de materiais recicláveis de Campinas estão, finalmente, providenciando a documentação necessária para poderem ser contratadas pelo Poder Público.
 
Desde que foram criadas, algumas há mais de 15 anos, as cooperativas atuavam apenas como separadoras e vendedoras de material reciclável para empresas privadas.
 
Com a documentação que está sendo providenciada, além de poderem ser contratadas pela Prefeitura de Campinas, poderão participar de programas dos governos Federal e Estadual que doam recursos e equipamentos para cooperativas de reciclagem.
 
“Fizemos uma parceria com as Secretarias Jurídica e de Urbanismo para atuarmos em conjunto na providência dos documentos faltantes”, explica Arnaldo Salvetti Palácio Jr., secretário municipal de Trabalho e Renda.
 
A documentação vai proporcionar a adequação à legislação vigente com a obtenção de vários laudos e alvarás.
 
Das 14 cooperativas existentes, seis já receberam o LAS (Laudo de Avaliação Sanitária), assim como o título de cessão ou permissão para uso de terreno público: Remodela, São Bernardo, Reciclar, Santos Dumont e Antônio da Costa Santos.
 
“As cooperativas que se regularizarem terão mais oportunidades de negócios e mais benefícios, ampliando a possibilidade de melhorar os ganhos de cada cooperado”, destacou Salvetti.